Tabela Fipe Motos: Como consultar o preço da sua moto na tabela FIPE?

Precisando vender ou pensando em comprar uma moto? Veja como consultar o preço da sua moto na tabela FIPE e faça as melhores negociações do mercado.

Tabela Fipe Motos Como consultar a tabela fipe motos

O que é a FIPE?

Quem possui uma moto ou carro, sabe muito bem o que significa o termo “FIPE”. Mas nem todo mundo sabe que na verdade a Fipe é um órgão, e significa Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.

A organização é responsável pela elaboração de tabelas com valores aproximados para veículos novos e usados em nosso país.

 

Tabela Fipe Motos: Vamos Conhecer!

A Tabela Fipe motos é o documento que apresentar os valores médios do mercado para cada tipo de veículo que circula em território nacional, nesse caso em específico para motos.

É atualizada todos os meses, com base em vários critérios econômicos que definem os valores aproximados de cada tipo e modelo de veículo, tanto para motos como para carros.

A Tabela Fipe motos pode ser consultada sempre que for necessário conhecer os preços aproximados das motos no mercado, como por exemplo, para quem deseja comprar ou vender, motos novas ou usadas.

Com as informações contidas na Tabela Fipe motos é possível negociar as melhores condições em caso de compra e venda, além de conhecer se o preço praticado pelo negociante está de acordo com as diretrizes nacionais.

A Tabela Fipe motos também é utilizada para definir os valores pagos em caso de acidentes pelas seguradoras, em caso de perca total do veículo o seguro cobre o 100% do valor da tabela Fipe.

 

Como são calculados os valores da Tabela Fipe motos?

Através da metodologia demonstrada abaixo, o Instituto de pesquisas econômicas define os valores da tabela. Confira:

  1. Realização de pesquisas mensalmente, através de levantamento de dados em todos os estados brasileiros e consulta a revendedoras de automóveis, consumidores e periódicos de área relacionadas;
  2. Com esses valores o instituto faz uma análise e descarta os valores muito acima ou abaixo da média, calculando o valor final com base na média dos preços consultados.
  3. A média é realizada para cada tipo de veículo novo ou usado, de acordo as seguintes característica: tipo, marca, modelo ano e combustível utilizado.

Dependendo da sua região, o índice de inflação pode sofrer variações de mercado, sendo assim, alguns percentuais são retirados ou incluídos no preço final da sua moto.

 

Como consultar o preço da sua moto na Tabela Fipe motos?

Se você deseja consultar o valor da sua moto de acordo com a Tabela Fipe motos, primeiramente é essencial que você esteja com os documentos da sua moto em mãos, pois algumas informações serão solicitadas, sendo:

  • Número do documento;
  • Placa

Para consultar basta acessar o site da Fipe e realizar a busca. Depois é só analisar os dados encontrados e utiliza para conseguir as melhores oportunidades de negociação para a sua moto.

Consulte a Tabela Fipe motos sempre considerar necessário, essa é uma ferramenta muito útil para que você esteja atualizado sobre o sua moto.

RASTREADOR DE CARRO: DICAS PARA VOCÊ ESCOLHER O MODELO CERTO

De acordo com o Fórum Nacional de Segurança Pública, calcula-se que a cada 1 minuto um carro é roubado ou furtado no Brasil. Com esses dados assustadores, é praticamente fundamental contar com um bom modelo de rastreador de carro, para garantir a segurança do seu veículo.

Mas qual o melhor modelo para o automóvel? A seguir, você confere algumas dicas muito úteis para escolher o melhor equipamento e serviço para o veículo.

Melhor Rastreador de carro

Como optar pelo melhor modelo de rastreador de carro

  • Monitoramento 24 horas, em tempo real: os melhores modelos de rastreador para carro são aqueles que contam com monitoramento 24 horas, 7 dias por semana. Assim, o seu veículo é acompanhado constantemente, evitando que seja furtado ou roubado em momentos em que ele não está sendo acompanhado pela Central da empresa.
  • Bloqueio automático à distância: outra característica é que a empresa de rastreador de carro seja capaz de bloquear o funcionamento do seu veículo à distância, assim que ele for levado. Dessa forma, o assaltante não terá mais como fugir e você tem bem mais chances de recuperá-lo.
  • Com seguro: já existem rastreadores que oferecem serviços de seguro agregado. Esse é um fator a ser levado em consideração, pois se seu automóvel for roubado ou furtado e não recuperado, você recebe uma indenização, conforme valor acordado em contrato, arcando com menos prejuízos. Ainda há serviços de rastreador que oferecem pequenos reparos para defeitos do carro, te livrando de gastar com o conserto de algumas peças ou partes do veículo.
  • Alarmes internos instalados: algumas empresas de rastreador de carro instalam pequenos pontos que funcionam como alarmes. Caso você seja assaltado, pode discretamente acionar esses alarmes, que a empresa manda policiais até o local, oferecendo maior segurança para você e passageiros.
  • Equipamento escondido: é mais seguro que o equipamento de rastreamento veicular esteja disfarçado dentro do carro. Isso evita que os assaltantes consigam desarmar a aparelhagem e você acabe ficando sem segurança
  • Envio de alertas: também é bom escolher empresas de rastreador de carro que envie alarmes via aparelho de telefone celular sobre onde se encontra o automóvel. Caso o carro não esteja nesse lugar, nesse momento, é sinal de que ele pode ter sido roubado e furtado e você toma as providências junto à empresa para tentar recuperá-lo.
  • Fácil contato com a Central de Monitoramento: uma boa empresa de rastreador de carro deve oferecer contato fácil e rápido com a sua Central. Em caso de emergências, o cliente precisa contatar a empresa rapidamente para manter o seu veículo realmente seguro.
  • Contrato claro: não contrate nenhum serviço de rastreamento que possua contratos complicados ou que faltem cláusulas. Tudo o que a empresa irá te oferecer deve contar no contrato, incluindo datas e preços. Assinar contratos que não são muito claros pode lhe causar transtornos com o tempo.

 

Melhor rastreador para carros X Preços

Ao escolher um rastreador de carro, não pense apenas no preço que ele oferece. Alguns serviços são extremamente baratos, mas podem deixar a desejar durante o dia a dia.

Não leve em consideração apenas o preço, analise antes a segurança do seu carro e a tranquilidade que o rastreador irá lhe oferecer.

Seguro DPVAT: como acionar o seguro DPVAT?

Você sabia que mesmo sem ter carteira de motorista qualquer pessoa tem direito a acionar o seguro DPVAT e ganhar até R$ 13.500? Todas as vítimas de acidente de trânsito causado por um veículo automotor, ou mesmo por sua carga, pode e deve exigir a indenização do DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre).

Seguro DPVAT-como acionar o seguro dpvat

O grande obstáculo é que muita gente desconhece, não sabe quem tem direito ao DPVAT ou tem dificuldades em acioná-lo para ser indenizado. Com isso, a própria vítima arca com as despesas médicas, às vezes, permanente, como em caso de invalidez.

Portanto, entenda o que é e como dar entrada no seguro DPVAT.

O que é DPVAT?

DPVAT é um seguro social obrigatório e atuante desde 1974, que paga vítimas de acidentes de trânsito (motorista, passageiro ou pedestre), incluindo seus beneficiários (em caso de morte da vítima).

Não há necessidade de apurar a culpa do acidente ou do motorista estar em dia com o pagamento junto a seguradora Líder, administradora do seguro.

Ainda que não signifique perda do veículo, juros ou multa pelo não pagamento, estar em dia com o seguro DPVAT – pago anualmente assim como o IPVA – garante que o proprietário não arcará com as despesas integralmente, em caso de acidente.

Como dar entrada no seguro DPVAT?

Para acionar o seguro DPVAT, é preciso entrar em contato com a seguradora em um dos seus postos de atendimento, munido da documentação de acordo com a cobertura indenizatória. De todo modo, os documentos necessários são:

  • RG, CPF, comprovante de residência;
  • B.O (Boletim de Ocorrência) do acidente;
  • Atestado de óbito (em caso de morte) e documento que atesta a relação familiar com a vítima;
  • Conta corrente ou poupança para receber o seguro (em caso de não possuir uma conta, o Governo auxilia na abertura de uma conta poupança sem custos);
  • Notas fiscais ou outros comprovantes de gastos médicos;
  • Laudos médicos que comprovem a invalidez ou o impedimento de trabalhar por causa do acidente.

O seguro deve ser solicitado em até 3 anos após a data do acidente, e as vítimas recebem o pagamento em até 30 dias após o pedido. Confira abaixo os valores de indenização:

  • Em caso de morte: R$ 13.500;
  • Invalidez permanente (dependendo da gravidade): até R$ 13.500;
  • Reembolsos médicos (DAMS): até R$ 2.700.

O que o seguro DPVAT não cobre?

O DPVAT não cobre danos nos veículos, como incêndio, roubo ou colisão. Também não oferece cobertura a multas ou tributos atribuídos ao veículo acidentado nem acidentes causados por radiação de certos combustíveis ou aqueles provocados por trens.

Sendo assim, o seguro DPVAT é um valor pago a todas as pessoas que sofrem acidente em território nacional, causado por um veículo automotor.

O valor que os proprietários desses veículos pagam obrigatoriamente todo ano, ajuda a custear o atendimento médico-hospitalar no SUS às vítimas de trânsito, a fazer programas de prevenção a acidentes e a pagar a indenização.

Portanto, se o dono de um carro não quiser custear sozinho as despesas, não deixe de pagar a seguradora. E se você foi vítima ou é beneficiário, procure um posto de atendimento para acionar o seguro DPVAT.

Generali Seguros: 10 motivos para contratar um seguro Generali Seguros

A Generali Seguros, fundada na Itália em 1831, está presente no Brasil desde 1925, sendo assim, uma das seguradoras estrangeiras mais antigas aqui no país. A Generali Seguros oferece seguros para 20 estados, dentre eles em São Paulo, onde fica a matriz, e Curitiba, primeiro estado onde a Generali Seguros começou a atender no Brasil, na década de 80.

Generali Seguros - 10 motivos para contratar um seguro Generali Seguros

Com aproximadamente 70 milhões de clientes em mais de 60 países onde tem atuação, a Generali Seguros tem posição de liderança no continente Europeu.

Veremos nesse texto 10 motivos para você contratar os seguros da Generali Seguros.

1 – Ampla assistência

Como dito no início desse texto, a Generali Seguros possui filiais em 20 estados. Os seguros automotivos contam com guincho 24 horas em todos esses estados.

2 – Diversidade de coberturas

Independente da sua posição social ou financeira, a Generali Seguros sempre tem um produto que se adeque às suas necessidades e, principalmente ao seu bolso.

3 – Benefícios exclusivos

Como se não bastasse todos os serviços que a Generali Seguros oferece aos seus clientes, há diversos outros benefícios que vão desde desconto em casas de show, estacionamentos, cinemas e lojas até teatros, lojas e muitos outros conveniados.

4 – Serviços extras

Se você já é segurado da Generali Seguros, você também pode contar com serviços extras como seguro à residência. Nesses serviços extras podem ser contratados coberturas para problemas em chuveiros queimados, troca de fechaduras, antenas, encanamento furado e vários outros.

5 – Confiança

Por estar no Brasil a mais de 30 anos, a Generali Seguros oferece aos seus segurados a confiança de fazer uma viagem mais segura pois, tanto você quanto sua família, terão proteção para viajar com toda comodidade, segurança e diversão.

6 – Serviços de prevenção

Muitas vezes temos o costume de acionar o seguro apenas em caso de pane. Porém, sempre que identificarmos qualquer irregularidade com nosso automóvel, ligue para a Generali Seguros e solicite um serviço de prevenção que evita essas panes. Nesse serviço, um técnico especializado é enviado até o local onde você e seu veículo se encontra e são realizados diversos testes para não deixar você na mão.

7 – Comodidade

Para alguns, o seguro automotivo é algo fútil ou de luxo, mas na hora da dor de cabeça é que vemos a real necessidade de se ter um. Com certeza é bem mais confortável você resolver os problemas do seu automóvel sentado no banco do seu carro, com um simples telefonema, do que ficar se descabelando para cima e para baixo em busca de alguém para lhe ajudar, principalmente se o problema ocorrer numa rua deserta a noite ou em algum dia chuvoso.

8 – Atendimento personalizado

Com a Generali Seguros você conta com um corretor sempre à sua disposição, não somente no momento de panes, mas também se tiver qualquer dúvida referente à cobertura de seu seguro. É somente ligar para a central de atendimento e desfrutar de mais esse benefício que a Generali Seguros oferece à seus segurados.

9 – Proteção completa

Na Generali Seguros você e seu automóvel estão sempre cobertos e protegidos. Lá você encontra proteção contra furto, roubo e incêndio.

10 – Rapidez na solução de sinistros

Caso ocorra qualquer acidente com seu veículo, basta acionar seu corretor que, com toda rapidez dará entrada no processo de sinistro, de modo que você obtenha todas as suas indenizações de forma agilizada.

 

E você, ainda não conhece a Generali Seguros? Procure seu corretor e faça uma cotação e veja o custo benefício que essa segura tem a lhe oferecer.

IPVA: O que é o IPVA e porque você deve mantê-lo em dia?

Todo ano tem aquela época de impostos, geralmente já nos primeiros meses, o contribuinte se vê obrigado a reservar o dinheiro para pagar seus tributos. E muitas vezes o contribuinte acaba não sabendo qual o motivo de cada imposto. Porém, o tributado precisa conhecer melhor os seus impostos e saber quais os procedimentos de cada um.

O que é o IPVA?

O IPVA é o imposto pago pelo proprietário de veículo automotor. No Direito Tributário, chamamos a pessoa que tem a obrigação de arcar com o tributo de sujeito passivo da obrigação tributária. Em outras palavras, sujeito passivo é o indivíduo do qual se cobra o imposto. E sujeito Ativo é quem tem o poder de tributar.

Portanto, sujeito passivo do IPVA é o dono do veículo que paga e sujeito ativo é o Estado da Federação que cobra. O Imposto tem como fato gerador, isto é, o motivo pelo qual se cobra o imposto, a propriedade de veículo automotor. Então quem tem veículo automóvel registrado em seu nome é obrigado a pagar anualmente o IPVA relacionado ao veículo.

O fato gerador é a propriedade do veículo automotor, e não o uso. Então, o automóvel que fica parado por anos na garagem também é cobrado IPVA pela sua propriedade, mesmo que não esteja rodando pelas ruas.

Para que serve o dinheiro arrecadado com o IPVA?

É comum ouvir falar que o IPVA pago no Brasil é caro em relação ao estado atual da malha rodoviária. Aí está uma falácia, porque a receita provinda de impostos não é relacionada com uma despesa específica. Isso quer dizer, que o dinheiro do IPVA pode ser usado inteiramente na educação, ou na saúde. E o dinheiro que o governo arrecada com o Imposto de Circulação de Mercadorias pode ser gasto na segurança pública, ou em políticas públicas de fomento à prática esportiva.

A manutenção de estradas, rodovias e ruas é sim uma obrigação e uma despesa do Poder Público, porém o dinheiro reservado para essa manutenção não tem uma fonte específica, como o IPVA. A modalidade de tributo que chamamos de Imposto não é vinculada, ou seja, pode ser utilizada pelo Poder Público como desejar. Algumas modalidades de tributos como as taxas, são vinculadas e só podem usar o capital arrecadado de forma específica e de acordo com a previsão da lei. Porém, o IPVA é um tributo não vinculado e de livre utilização.

É importante manter o IPVA em dia?

O pagamento de impostos é compulsório para o sujeito passivo. Há algumas hipóteses de isenção ou renúncia, mas são hipóteses exercidas pelo sujeito ativo. O contribuinte tem sempre a obrigação de pagar seus impostos.

A inadimplência do IPVA força o Estado a colocar o nome do contribuinte na dívida ativa. A dívida ativa, nada mais é que o rol de contribuintes inadimplentes ao Poder Público. E a dívida do IPVA impedirá você de renovar a licença do seu automóvel e ainda a inscrição do nome do proprietário nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito.

Há possibilidade de pagar o IPVA atrasado em parcela única ou dividido. O parcelamento ainda pode incluir multas e licenciamento, além do IPVA. Não deixe para a última hora o pagamento do IPVA, e se houve algum imprevisto no pagamento procure resolver, porque ter o seu nome livre de pendências não tem preço.

IPVA O que é o IPVA e porque você deve mantê-lo em dia

BMW: Conheça um pouco mais sobre a marca e formas de deixar o seu carro BMW mais seguro

Para os apaixonados por carro importado com toda certeza o modelo que mais chama a atenção são os veículos da marca BMW.

BMW Rastreador- Conheça um pouco mais sobre a marca e formas de deixar o seu carro BMW mais seguro

Entretanto, como este tende a ser um carro de alto valor é importante sempre possuir um seguro para BMW, já que este se for roubado pode ocasionar um grande prejuízo.

Outra forma de manter o seu veículo seguro é instalado um rastreador no mesmo, desta forma se ele for furtado ou roubado você possui a possibilidade de recuperá-lo.

Assim, preparamos este texto para você conhecer mais sobre esta marca de veículos importados e algumas opções de seguro para BMW.

A história da BMW

A mais de 100 anos no mercado, a atual multinacional BMW é uma das mais conceituadas marcas de veículos automotores do mundo.

Sendo de origem alemã, começou como uma fábrica de motores para aviões durante a primeira guerra mundial.

Com o final da guerra, seu país de origem foi proibido de fabricar aviões, fato que fez a BMW diversificar a sua linha de produtos para não fechar. Foi apenas em 1922 que a marca recebeu o nome que leva até hoje e seu logo azul emblemático que é facilmente reconhecido.

Os carros, que fazer a marca tão famosa atualmente, foi um dos últimos produtos a serem introduzidos na linha de montagem da empresa.

Especializada em carros de luxo e moto, contratar um seguro para BMW é uma necessidade desde os primeiros modelos de Rolls Royce.

A empresa conta atualmente com mais de 30 fábricas espalhadas por todo o mundo, ao todo são 14 países que recebem suas filiais.

Sua primeira filial do Brasil foi inaugurada em 2014 trazendo grandes investimentos e vagas de emprego a cidade de Santa Catarina.

Nesta filial, os modelos produzidos são: 120i Sport, X6 e o M240i com etapas de produção que vão desde a montagem até a logística.

Mesmo os modelos mais simples da marca, os valores são superiores a modelos nacionais semelhantes.

O que faz que caso você viva em um grande centro ou cidade com altos índices de criminalidade contratar um seguro para BMW.

Curiosidades sobre a marca BMW

Há tanto tempo no mercado é comum uma marca como a BMW, possuir algumas curiosidades a seu respeito.

Por exemplo, em 1959 após o final da guerra a empresa se encontrava a beira da falência, fato que quase a fez ser vendida para a sua concorrente Daimler, que hoje você conhece como Mercedes-Benz.

Foi em 1916 que a empresa obteve contrato para produzir os seus tão conhecidos ate hoje motores V12.

Também, foi durante os anos 60 que a marca atingiu seu auge com o modelo Berlina e criou o famoso slogan “prazer de conduzir”.

Além disto, é a empresa uma das pioneiras na fabricação de veículos elétricos, lançando de forma inédita seu modelo i3.

E foi uma das motos da marca a quebrar o recorde de velocidade de 216 km/h em setembro de 1929.

Importância de se ter um seguro para BMW

Por se tratar de carros de alto padrão, possuir um seguro para BMW é muito importante para você proteger o seu patrimônio.

Pois, o conserto de um carro importado no geral sai muito mais caro que um veículo nacional, sendo indispensável assim que você sair da concessionária com o seu BWM já ir direito para uma seguradora.

Com um carro ou uma moto tão imponente, se seu veículo for batido você não vai querer andar com ele batido por aí.

E se você fosse arcar com os gastos do conserto de forma integral seriam completamente inviáveis para o seu bolso.

Além dos seguros convencionais, outra proteção a mais que você pode colocar no seu veículo BMW é um rastreador automotivo.

Com este acessório, em caso de roubo ou furto do seu veículo é possível encontrá-lo em qualquer local do território nacional.

Também, com um rastreador para BMW é uma forma de manter seu veículo mais seguro, já que se este não for localizado, dependendo do seu plano você pode ser indenizado.

E você conhece algum modelo da marca ou possui algum carro ou moto da BMW. Este é um modelo de veículo para os apaixonados por veículos e que prezam acima de tudo conforto e desempenho ao dirigir.