IPVA: O que é o IPVA e porque você deve mantê-lo em dia?

Todo ano tem aquela época de impostos, geralmente já nos primeiros meses, o contribuinte se vê obrigado a reservar o dinheiro para pagar seus tributos. E muitas vezes o contribuinte acaba não sabendo qual o motivo de cada imposto. Porém, o tributado precisa conhecer melhor os seus impostos e saber quais os procedimentos de cada um.

O que é o IPVA?

O IPVA é o imposto pago pelo proprietário de veículo automotor. No Direito Tributário, chamamos a pessoa que tem a obrigação de arcar com o tributo de sujeito passivo da obrigação tributária. Em outras palavras, sujeito passivo é o indivíduo do qual se cobra o imposto. E sujeito Ativo é quem tem o poder de tributar.

Portanto, sujeito passivo do IPVA é o dono do veículo que paga e sujeito ativo é o Estado da Federação que cobra. O Imposto tem como fato gerador, isto é, o motivo pelo qual se cobra o imposto, a propriedade de veículo automotor. Então quem tem veículo automóvel registrado em seu nome é obrigado a pagar anualmente o IPVA relacionado ao veículo.

O fato gerador é a propriedade do veículo automotor, e não o uso. Então, o automóvel que fica parado por anos na garagem também é cobrado IPVA pela sua propriedade, mesmo que não esteja rodando pelas ruas.

Para que serve o dinheiro arrecadado com o IPVA?

É comum ouvir falar que o IPVA pago no Brasil é caro em relação ao estado atual da malha rodoviária. Aí está uma falácia, porque a receita provinda de impostos não é relacionada com uma despesa específica. Isso quer dizer, que o dinheiro do IPVA pode ser usado inteiramente na educação, ou na saúde. E o dinheiro que o governo arrecada com o Imposto de Circulação de Mercadorias pode ser gasto na segurança pública, ou em políticas públicas de fomento à prática esportiva.

A manutenção de estradas, rodovias e ruas é sim uma obrigação e uma despesa do Poder Público, porém o dinheiro reservado para essa manutenção não tem uma fonte específica, como o IPVA. A modalidade de tributo que chamamos de Imposto não é vinculada, ou seja, pode ser utilizada pelo Poder Público como desejar. Algumas modalidades de tributos como as taxas, são vinculadas e só podem usar o capital arrecadado de forma específica e de acordo com a previsão da lei. Porém, o IPVA é um tributo não vinculado e de livre utilização.

É importante manter o IPVA em dia?

O pagamento de impostos é compulsório para o sujeito passivo. Há algumas hipóteses de isenção ou renúncia, mas são hipóteses exercidas pelo sujeito ativo. O contribuinte tem sempre a obrigação de pagar seus impostos.

A inadimplência do IPVA força o Estado a colocar o nome do contribuinte na dívida ativa. A dívida ativa, nada mais é que o rol de contribuintes inadimplentes ao Poder Público. E a dívida do IPVA impedirá você de renovar a licença do seu automóvel e ainda a inscrição do nome do proprietário nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito.

Há possibilidade de pagar o IPVA atrasado em parcela única ou dividido. O parcelamento ainda pode incluir multas e licenciamento, além do IPVA. Não deixe para a última hora o pagamento do IPVA, e se houve algum imprevisto no pagamento procure resolver, porque ter o seu nome livre de pendências não tem preço.

IPVA O que é o IPVA e porque você deve mantê-lo em dia

BMW: Conheça um pouco mais sobre a marca e formas de deixar o seu carro BMW mais seguro

Para os apaixonados por carro importado com toda certeza o modelo que mais chama a atenção são os veículos da marca BMW.

BMW Rastreador- Conheça um pouco mais sobre a marca e formas de deixar o seu carro BMW mais seguro

Entretanto, como este tende a ser um carro de alto valor é importante sempre possuir um seguro para BMW, já que este se for roubado pode ocasionar um grande prejuízo.

Outra forma de manter o seu veículo seguro é instalado um rastreador no mesmo, desta forma se ele for furtado ou roubado você possui a possibilidade de recuperá-lo.

Assim, preparamos este texto para você conhecer mais sobre esta marca de veículos importados e algumas opções de seguro para BMW.

A história da BMW

A mais de 100 anos no mercado, a atual multinacional BMW é uma das mais conceituadas marcas de veículos automotores do mundo.

Sendo de origem alemã, começou como uma fábrica de motores para aviões durante a primeira guerra mundial.

Com o final da guerra, seu país de origem foi proibido de fabricar aviões, fato que fez a BMW diversificar a sua linha de produtos para não fechar. Foi apenas em 1922 que a marca recebeu o nome que leva até hoje e seu logo azul emblemático que é facilmente reconhecido.

Os carros, que fazer a marca tão famosa atualmente, foi um dos últimos produtos a serem introduzidos na linha de montagem da empresa.

Especializada em carros de luxo e moto, contratar um seguro para BMW é uma necessidade desde os primeiros modelos de Rolls Royce.

A empresa conta atualmente com mais de 30 fábricas espalhadas por todo o mundo, ao todo são 14 países que recebem suas filiais.

Sua primeira filial do Brasil foi inaugurada em 2014 trazendo grandes investimentos e vagas de emprego a cidade de Santa Catarina.

Nesta filial, os modelos produzidos são: 120i Sport, X6 e o M240i com etapas de produção que vão desde a montagem até a logística.

Mesmo os modelos mais simples da marca, os valores são superiores a modelos nacionais semelhantes.

O que faz que caso você viva em um grande centro ou cidade com altos índices de criminalidade contratar um seguro para BMW.

Curiosidades sobre a marca BMW

Há tanto tempo no mercado é comum uma marca como a BMW, possuir algumas curiosidades a seu respeito.

Por exemplo, em 1959 após o final da guerra a empresa se encontrava a beira da falência, fato que quase a fez ser vendida para a sua concorrente Daimler, que hoje você conhece como Mercedes-Benz.

Foi em 1916 que a empresa obteve contrato para produzir os seus tão conhecidos ate hoje motores V12.

Também, foi durante os anos 60 que a marca atingiu seu auge com o modelo Berlina e criou o famoso slogan “prazer de conduzir”.

Além disto, é a empresa uma das pioneiras na fabricação de veículos elétricos, lançando de forma inédita seu modelo i3.

E foi uma das motos da marca a quebrar o recorde de velocidade de 216 km/h em setembro de 1929.

Importância de se ter um seguro para BMW

Por se tratar de carros de alto padrão, possuir um seguro para BMW é muito importante para você proteger o seu patrimônio.

Pois, o conserto de um carro importado no geral sai muito mais caro que um veículo nacional, sendo indispensável assim que você sair da concessionária com o seu BWM já ir direito para uma seguradora.

Com um carro ou uma moto tão imponente, se seu veículo for batido você não vai querer andar com ele batido por aí.

E se você fosse arcar com os gastos do conserto de forma integral seriam completamente inviáveis para o seu bolso.

Além dos seguros convencionais, outra proteção a mais que você pode colocar no seu veículo BMW é um rastreador automotivo.

Com este acessório, em caso de roubo ou furto do seu veículo é possível encontrá-lo em qualquer local do território nacional.

Também, com um rastreador para BMW é uma forma de manter seu veículo mais seguro, já que se este não for localizado, dependendo do seu plano você pode ser indenizado.

E você conhece algum modelo da marca ou possui algum carro ou moto da BMW. Este é um modelo de veículo para os apaixonados por veículos e que prezam acima de tudo conforto e desempenho ao dirigir.