Morar em república: vantagens e desvantagens de viver com amigos

 

Você já pensou em morar em república ou numa pensão estudantil enquanto cursa a faculdade? Estes espaços são locais onde os estudantes dividem o espaço com outros estudantes. Normalmente, elas são estabelecidas em casas ou até mesmo em apartamentos mais amplos, que possibilitam acomodar um número maior de moradores, inclusive mais de uma pessoa dividindo um quarto.

As repúblicas, assim como as pensões, possuem um funcionamento diferente, onde há regras para manter a boa convivência entre os moradores, bem como garantir um bom custo-benefício para quem opta por morar em república. A convivência em grupo tem as suas vantagens, mas também tem algumas desvantagens, que serão o tema do post de hoje. O que podemos te adiantar é que para viver em grupo, de forma harmônica, é necessário ter um padrão de convivência, que inclui regras, horários, divisão de gastos e de tarefas, além do rateio das contas mensais. Confira a seguir as vantagens e as desvantagens de viver com amigos.

Economia

A principal vantagem de optar por morar em uma república, ou seja, em uma casa ou um apartamento compartilhado outros moradores, é justamente o custo. Essa opção pode ser vantajosa para você, principalmente se não tiver alguma bolsas de estudo,  pois as despesas básicas, tais como aluguel, luz, água, gás, internet, são divididas coletivamente, diminuindo o custo por morador. 

Outro ponto positivo é a localização, pois normalmente há sempre repúblicas perto dos campus das faculdades ou em áreas centrais, o que facilita no transporte diário.

Amadurecimento Pessoal

Ficar longe da família pode não ser uma tarefa fácil, mas se você estiver cercado de pessoas que te façam bem, a missão pode se tornar mais fácil. A época da faculdade requer um amadurecimento pessoal, pois é o momento que aprendemos a cuidar de nós mesmos, organizar as finanças, ter compromisso com os horários e, principalmente, ter responsabilidades.

O fato de morar em república pode te ajudar nessa nova fase, pois o contato com outras pessoas que estão passando pelo mesmo que você pode te ajudar a não se sentir sozinho e, além de fazer novas amizades, você terá um apoio emocional, ajuda para estudar e companhia para todas as horas. Além disso, a experiência favorece também que você conheça outras realidades, conviva e aprenda com pessoas que podem ter valores e hábitos diferentes dos seus.

Privacidade

A privacidade é a principal desvantagem para quem opta por morar em república. Ela é praticamente impossível, afinal não só os quartos são compartilhados como também os demais cômodos da casa. Consciente do fato que você dificilmente ficará sozinho, é necessário pesar isso na sua escolha, pois para as pessoas que gostam de ter privacidade é difícil se adaptar a morar em coletividade.

Desorganização

A desorganização é outro grande problema para quem compartilha um lugar, móveis e utensílios domésticos com muitas pessoas. Morar em república é dividir um espaço com outras pessoas que, normalmente, podem ter hábitos de higiene, limpeza e organização diferentes dos teus. Por isso é importante que se tenha regras e divisão de tarefas para garantir a boa convivência e o mínimo de organização do espaço.

Rotina

Enfim, se você optar por morar em república deve estar ciente que a rotina é bem diferente do que um local sozinho. As repúblicas e as pensões estudantis são locais muito movimentados, pois os jovens que moram nelas recebem visitas com frequência, tanto de amigos, de família e até mesmo de pessoas com que se relacionam. Assim, ao escolher morar em república, você deve estar ciente de que terá que aceitar a rotina movimentada típica de quem compartilha um lar com outras pessoas.

Afinal, morar em república vale à pena? 

Essa é uma pergunta que não tem como ser respondida, pois a sua escolha deve ser feita de acordo com a sua condição financeira e, principalmente, a sua personalidade. A nossa dica é que você, ao avaliar a possibilidade de morar em república, pense no seu próprio estilo de vida, seus hábitos e, principalmente, a sua rotina.

Dividir a moradia com outros estudantes trata-se de uma excelente opção para quem vai cursar a universidade em outra cidade, fora de casa ou simplesmente porque precisa economizar. No entanto,  antes de decidir se vale a pena ou não morar em coletividade, considere todas as vantagens, assim como as desvantagens de morar em república. Reflita sobre a sua rotina e se você considerar que se adaptaria bem a algumas das situações que citamos acima, com certeza vale à pena vivenciar essa experiência, pois pode te trazer um crescimento pessoal que será levado para a vida toda.

O que achou dos nossos prós e contras de morar em república ou pensão estudantil? Você mora ou já morou em república? Acha que vale a pena a experiência? Compartilhe com a gente a sua ideia ou experiência. Deixe o seu comentário no nosso post.

Como saber código do banco

Você precisa do código do seu banco ou do código banco de outra pessoa, mas não sabe qual o número? Não se preocupe, viabilizamos os códigos dos principais bancos do Brasil para você, seguidamente explicamos o porquê este código do banco é solicitado em seus procedimentos bancários, relatamos a importância deste código e apontamos onde pode confirmar este código.

Como saber o código banco?

Todas as agências bancárias possuem um código numérico chamado COMPE (compensação bancária de cheques e outros papéis), este número é distinto cada banco tem o seu código. Dispomos nesta publicação os códigos dos principais bancos para você.

001 Banco do Brasil S/A
237 Banco Bradesco S/A
745 Banco Citibank S/A
104 Banco Caixa Econômica Federal
399 HSBC Bank Brasil S/A
341  Banco Itaú S/A
260 Banco NuBank
389 Banco Mercantil do Brasil S/A
453 Banco Rural S/A
422 Banco Safra S/A
033 Banco Santander  S/A

 

Por que este código banco é solicitado?

O código do banco é solicitado quando você for executar uma transferência bancária ou depósito, assim como, quando alguém for executar uma transferência bancária ou depósito para sua conta, é solicitado este código banco, por isso providencie e revise seus dados pessoais e bancários e posteriormente do favorecido e não se esqueça de anotar o código do banco em suas operações bancárias que solicitam esse código, tal como os seus dados pessoais.

Qual a importância do código banco?

O código do banco, da mesma forma nomeado como COMPE (compensação bancária de cheques e outros papéis), é essencial em algumas práticas bancárias, pois esses dígitos numéricos determinam sua autenticidade, ou seja, sua comprovação de legalidade. 

O código banco (COMPE) é fundamental, pois quando você recebe um boleto emitido pelo banco, os três primeiros dígitos do código de barra correspondem à essa identificação.

O código do banco deve ser localizado também em seu talão de cheque, você também consegue constatar este número em sua agência pessoalmente ou por telefone por meio dos dados telefônicos e outras informações da central do seu banco apresentados na parte de trás do seu cartão. Também consegue tirar todas as suas dúvidas igualmente no site ou aplicativo do seu banco, algumas instituições bancárias estão disponibilizando acesso para eventuais dúvidas em suas redes sociais.

Se está procurando o código banco do favorecido, ou seja, da pessoa que você realizará a operação bancária, você consegue também nestes endereços eletrônicos que citamos acima.

Quais os melhores bancos do Brasil?

Muitos têm curiosidade de saber quais são os melhores bancos do Brasil. Neste artigo falaremos sobre as melhores instituições bancárias sediadas aqui em nosso país. Além disso escolhemos alguns critérios para elegermos os melhores bancos do Brasil.

Para analisarmos e criarmos a lista dos melhores bancos do Brasil, vejamos através dos seguintes parâmetros:

  • Maior grau de satisfação dos clientes.
  • Melhores infraestruturas capazes de responder às necessidades e interações de clientes.
  • Planos e taxas satisfatórios.
  • Facilidade para abrir contas.
  • Menores taxas de juros.

Vejamos algumas das melhores instituições bancárias de acordo com os critérios acima.

Bancos do Brasil: Nubank

De acordo com a Forbes em 2019 o Nubank foi eleito o melhor banco do Brasil. Ele tem sede em São Paulo e é considerado uma fintech de inovação financeira, oferecendo oportunidades de rendimento aos clientes. Além disso, foi considerado um dos bancos com melhor reputação no site Reclame Aqui.

Bancos do Brasil: Banco Inter

Também eleito em 2019 uma das melhores instituições bancárias no Brasil. É, além de tudo, um banco que oferece conta digital sem anuidade, e um cartão Mastercard gratuito com possibilidades de saque em redes de caixa 24 horas.

Bancos do Brasil: Neon Pagamentos

Também é um banco que oferece conta digital sem taxas e cartão de crédito sem anuidade. Foi eleito um dos melhores bancos nacionais em 2019 pela Forbes. Aparentemente os novos bancos estão fazendo um excelente trabalho em agradarem os clientes ou os próprios clientes estão preferindo as contas digitais e as contas isentas de taxas.

Bancos do Brasil: Caixa Econômica Federal

A Caixa é muito conhecida por oferecer vantagens e ofertas mais populares não somente na concessão de empréstimos. A abertura de contas e as transações também oferecem vantagens em relação a outros bancos pela facilidade e isenção de taxas. Por isso muitos brasileiros optam pelas contas da Caixa tanto como pessoas físicas como para suas empresas, no caso de pessoas jurídicas.

Conclusão

Neste artigo vimos os melhores bancos do Brasil de acordo com as perspectivas dos clientes. Você pode ter percebido que muitos bancos do Brasil que foram considerados os melhores também são instituições novas. Aparentemente o brasileiro está mudando seus hábitos em relação aos bancos procurando mais comodidade ao abrir contas e menores taxas.

Você gostou desta postagem? Não se esqueça de deixar o seu like e compartilhar com todos os seus amigos as informações sobre esses excelentes bancos brasileiros.

 

4 Hábitos que devem ser praticados para ser um médico de sucesso

Em qualquer profissão, alcançar o sucesso não é fácil e requer muitos sacrifícios e esforços, mas tenha certeza de que a recompensa sempre virá e vale a pena todos os sacrifícios feitos. É por isso que listamos 4 hábitos básicos que você precisará adotar, se estiver interessado em se tornar um médico de sucesso. Conheça os 4 hábitos que devem ser praticados para ser um médico de sucesso:

Como ser um médico de sucesso

Não basta ter uma clínica moderna que realize exame admissional, repleta de equipamentos e produtos médicos, para obter sucesso é necessário adotar alguns hábitos, como os que listamos a seguir:

Pontualidade

O principal hábito que você pode desenvolver desde o seu estágio como aluno é o da pontualidade. Lembre-se de que, como médico, o tempo de seus pacientes é essencial; portanto, o hábito da pontualidade o ajudará a aproveitar melhor o seu dia, além de ser o primeiro passo para gerenciar o tempo das consultas e evitar perda de horários.

Socialização

Dentro de qualquer profissão, a socialização é essencial para o sucesso. Desde o seu tempo na faculdade, é importante que você tente criar laços de amizade com seus colegas de classe, porque a partir dessas conexões você poderá obter futuras opções de emprego ou até mesmo propor uma vaga a um de seus ex-colegas de classe. Lembre-se de que o caminho é mais fácil quando se viaja na empresa; portanto, a socialização é essencial para alcançar o sucesso.

Excelência

No campo da saúde, muitas pessoas representam sua concorrência; portanto, se você quiser fazer a diferença, deve oferecer um serviço exemplar para convencer os pacientes de que é a melhor opção deles. Ser excelente ou buscar a excelência em todas as atividades é um hábito que o aproximará do sucesso, por isso vale a pena o seu esforço.

Seja um empreendedor

Como médico, nunca seja um conformista e sempre defina suas metas para estar em constante crescimento. Lembre-se de que você provavelmente precisa começar como médico em um consultório ou clínica, mas se pretende e mostra comprometimento, no futuro poderá abrir seu próprio centro de saúde e crescer gradualmente. O segredo é nunca ser conformista ou ficar preso. Sempre mantenha  no pensamento a seguinte frase do Steve Jobs: “A única maneira de fazer um ótimo trabalho é amar o que você faz; Se você não o encontrou o que mais gosta de fazer, continue procurando. Não se acomode”.

Qual o endereço do Santander?

O Banco Santander iniciou suas operações financeiras em nosso país no ano de 1982. O banco é uma subsidiária do Banco espanhol de mesmo nome. Esse banco é considerado “novo” em comparação aos seus concorrentes Bradesco a Itaú, que estão no país há alguns anos a mais. Porém, mesmo sendo mais novo que seus concorrentes, o banco está entre os cinco maiores bancos do Brasil.

Banco Santander em números

O Grupo Santander possui um conglomerado, que é o que o banco faz parte. Esse conglomerado é o principal do mercado financeiro da Zona do Euro. Como um dos maiores bancos no Brasil, o Santander possui em ativos em torno de R$ 605,3 bilhões e possuem mais de 30 milhões de clientes ativos.

Endereço Santander

Se você é um correntista ou está querendo se tornar, precisa saber qual o endereço Santander para conseguir realizar as suas operações financeiras. Por esse motivo, listamos abaixo o endereço Santander das principais agências nas principais cidades do país. Confira:

  • Agência Campinas 0010 – AV FRANCISCO GLICERIO 892 – CENTRO – Campinas – São Paulo;
  • Agência Av Moraes Sales-int-sp 1332 – AV DR MORAES SALES 1441 – CENTRO – Campinas – São Paulo;
  • Agência Campinas-norte Sul 4192 – VENIDA JOSE DE SOUZA CAMPOS 01092 – CHACARA SAO GERALDO – Campinas – São Paulo;
  • Agência Central 0001 – RUA BOA VISTA 263 – CENTRO – Sao Paulo – São Paulo;
  • Agência Faria Lima 0134 – AV BRIG FARIA LIMA 2491 – JARDIM PAULISTANO – Sao Paulo – São Paulo;
  • Agência Santa Cecilia 2042 – ALAMEDA BARROS 584 – SANTA CECILIA – Sao Paulo – São Paulo;
  • Agência Enseada Botafogo-cap-rj 1053 – PRAIA DE BOTAFOGO 440 – BOTAFOGO – Rio de Janeiro – Rio de Janeiro;
  • Agência Barcelos Domingos-cap-rj 1072 – R BARCELOS DOMINGOS 47 – CAMPO GRANDE – Rio de Janeiro – Rio de Janeiro;
  • Agência Copacabana 0124 – AV N SRA COPACABANA 661 – COPACABANA – Rio de Janeiro – Rio de Janeiro.

Por que alguns vinhos podem manchar a sua boca?

A maioria dos vinhos tintos apresentam algum tipo de pigmentação. Eles são repletos de casca de uvas e, durante o processo de transformar a uva em vinho, a coloração costumam migrar em relação à casca até o líquido. O pigmento, portanto, pode manchar a boca e, inclusive, deixar os dentes roxos. Entenda como acontece e aprecie o seu vinho preferido sem medo, aprendendo mais sobre algumas maneiras de evitar esse problema!

Por que alguns vinhos podem manchar a sua boca e dentes?

De acordo com enólogos, os vinhos mais jovens são mais fáceis de manchar os lábios e dentes. Os especialistas ainda revelam que o vinho novo apresenta uma coloração mais aproximada a de sucos de uva, que trata-se de um roxo intensificado – denominado como vermelho violáceo.

Caso o vinho tenha uma idade variada a até dois anos, é muito provável que manche a boca. A pigmentação é composta por polifenóis que sofrem a extração das cascas das frutas. Eles estão presentes nos vinhos coloniais. Estes, geralmente, têm produção e consumo em mesma época anual.

Por conseguinte, há os fortificados que são naturalmente doces, a exemplo do vinho do Porto. Estes não apresentam tanta capacidade de manchar a boca devido ao caráter envelhecido.

Aqueles que são amadurecidos em barris de carvalho podem também apresentar menor pigmentação. Determinadas uvas como a cabernet, a syrah, a malbec e a tannat apresentam grandes quantidades de pigmentos. Contudo, não é sempre que o vinho produzido com essas categorias de uvas pode manchar os lábios.

Confira os produtos do Master Alimentos

Como se evita as manchas?

Aqueles que escovam os dentes regularmente tendem a sofrer menos as consequências do consumo de alguns vinhos. Isso acontece em razão de que a placa, que faz a absorção maior do corante da fruta, tem maior dificuldade de formação, neste caso.

Os especialistas da saúde bucal revelam que não é preciso deixar de consumir o vinho, portanto. A sugestão é intercalar a ingestão do líquido com água.

Outra situação capaz de gerar interferências nas restaurações dos dentes é a resina. Elas mancham mais fácil do que as porcelanas feitas em cerâmica. Aqueles que fazem clareamentos podem ter dentes mais porosos e propensos a manchar.

Um cuidado assíduo com consultas ao dentista também é recomendado. Mas se você fizer uma boa higienização diária dos dentes e da boca, é bem provável que essas manchas não permaneçam visíveis. Tente também degustar o vinho sem lançá-los diretamente na região dos dentes da frente.

Energia que vem do céu…

Essa é uma das história que mencionam sucesso, ainda que a crise esteja batendo na porta da sociedade brasileira. Em últimos anos, as fontes energéticas fotovoltaicas e eólicas seguem nadando contra correntezas, fazendo registros de avanços! Só em 2017, a instalação de energia eólica teve um crescimento de 28,1%, aumentando a marca de 12,8 gigawatts, em distribuição entre pouco mais que 500 parques de geração. Isso é o que equivale a 8,1% de toda a capacidade brasileira. Essas estatísticas são da EPE – Empresa de Pesquisa Energética. Sobre a energia solar, houve um salto que impressionou: 4.470% em somente 12 meses. Em início de 2017, compreendiam apenas 21 megawatts, e em janeiro de 2018, já alcançavam a margem do 1º gigawatt. Esse quantitativo, contudo, precisa ser avaliado moderadamente: a energia solar permanece sendo a lanterninha do sistema nacional de geração, com somente 0,6 % da potência com instalação brasileira.

Em relação aos grandes parques

Um quantitativo maior que metade do salto de energia solar surgir de somente dois empreendimentos, com inauguração no mês de setembro:

  • a usina de Nova Olinda – em Piauí;
  • a usina de Ituverava – na Bahia.

Juntas, as empresas têm um potencial de 546 MW, capacidade com suficiência para o abastecimento de quase 570mil residências. A construção e operação pelo grupo Enel da Itália, que promoveu o investimento de US$ 700milhões em projetos, caracterizam-se os mais complexos da categoria pela América do Sul.

Em relação à residências

Além de projetos gigantes, a energia solar se popularizou em casas e residências, em geral, como uma alternativa de reduzir a conta de luz. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, em final de 2016 e início de 2017, o país tinha apenas 7mil unidades em instalação. Doze meses mais tarde, concluía-se a quantidade maior que 16mil.Uma das razões que auxiliou corresponde a queda de custos de equipamentos. De acordo com o Atlas de Energia Solar, os valores caíram 90 %.

Natureza que ajuda o país

Trata-se de um tipo de vocação natural para o país brasileiro. De acordo com o Atlas do Potencial Eólico Brasileiro de 2001, haveria a possibilidade de instalação de até 143,5 GW em relação a gerador de energia eólica no Brasil.Para considerar a representação desse fato, atualmente o Brasil apresenta a capacidade de produção de uma média de 150,3 GW, de acordo com o Balanço Energético Nacional de 2017. Isto quer dizer, então, que haveria a possibilidade de multiplicar esse valor apenas com o vento.

A velocidade dos ventos

Em relação aos nossos ventos, há a diferenciação não apenas pela velocidade, porém, ao mesmo tempo, pela regularidade constante e incomum. A constância dos ventos promove um aumento do rendimento de aerogeradores. Trata-se de uma relação expressiva pelo denominado “fator capacidade”, que diz respeito a porcentagem do tempo em que os aparelhos estão aptos a geração de energia. Ao passo que média do mundo compreende 25%, aqui no país brasileiro, esse valor chega a 50 %. Considera-se, de acordo com os especialistas, o melhor vento do mundo.

4 etapas para escolher seu cartão de crédito

Precisa solicitar um cartão de crédito, mas não sabe bem por onde começar? Leia este artigo e tenha em mente as principais informações que você deve ter, antes de contratar o seu cartão de crédito.

O cartão de crédito foi uma das melhores coisas inventadas pela humanidade. Mas seu uso vem com responsabilidades. Então, é muito importante comparar os vários tipos de cartão de crédito que existem, para que você não acabe adquirindo um com juros muito altos.

Ademais, o cartão de crédito é uma mão na roda e pode te trazer muitos benefícios. Mas, existem algumas coisas básicas que você deve saber, que são o banco, a bandeira e a presença ou não da anuidade. Falaremos sobre isso agora.

1- Qual será o banco?

Se você vai abrir uma conta corrente também, é muito válido que sua conta e cartão de crédito sejam do mesmo banco. Isso porque, seu banco poderá avaliar a partir da sua conta se você está apto a ter um cartão de crédito ou não.

Os pacotes e tarifas podem te beneficiar por você ser correntista. Ou seja, o seu gerente pode diminuir a sua anuidade ou até te oferecer um cartão com zero anuidade.

Mas uma coisa que você não sabia: é possível fazer um cartão de crédito sem ter conta em banco. Então, aproveite.

2- Cartão internacional ou nacional?

Os cartões de crédito internacional são aconselhados especialmente para pessoas que farão uma viagem ao exterior. Se esse não for o seu caso, evite pagar juros adquirindo um cartão de crédito internacional.

3- Qual será a bandeira?

Qual a bandeira que você irá escolher? Visa ou Master? Saiba que ambas as opções são aceitas em muitos estabelecimentos comerciais, inclusive fora do país.

4- Terá anuidade ou não?

Existem diversos cartões no mercado que não tem anuidade. Portanto, você deverá entrar em contato com o banco ou a financeira para saber quais são os cartões disponíveis sem anuidade.

E agora, qual seguro residencial escolher?

Vamos supor que você tenha comprado uma casa recentemente e tenha a necessidade de contratar um seguro residencial. Por onde começar?

Essa é uma das decisões mais assertivas de quem precisa trazer uma segurança maior para sua família. Mas escolher um seguro residencial nem sempre é fácil e quem vai contratar precisa ficar atento aos tipos de seguro.

Nesse processo de escolha, é fundamental que você contrate um profissional que te ajude a escolher o melhor seguro residencial. Por esse motivo, existem alguns tipos de apólice, no qual você pode escolher um valor e receber a indenização de acordo com o seguro escolhido.

Caso tenha contratado um seguro apenas para os seus eletrodomésticos, veja algumas diferenças.

Se aconteceu algo relacionado à distribuição de energia, que danificou o seu microondas, por exemplo, o gasto será relacionado ao conserto. No entanto, se esse microondas for roubado, a reposição fará parte da indenização.

Bem, conheça agora as categorias do seguro residencial.

Cobertura básica

Nesse tipo de seguro residencial, as seguradoras oferecem coberturas para danos relacionados à explosões, incêndios e quedas de raios. Além disso, há a reposição de bens que foram perdidos em alguns desses casos citados.

Cobertura complementar

Aqui as coberturas ou adicionais referem-se à furto qualificado, roubo, vendaval. quebra de vidros, escritório na casa (Home Office), etc.

Assistência residencial

Já nesta cobertura, existe a possibilidade de incluir no seu seguro residencial a alternativa de um plano assistência 24 horas. Ele é muito interessante para pessoas que moram sozinhas e não possuem empregada ou no qual a casa fica vazia durante muito tempo.

Geralmente são oferecidos serviços básicos, como faxineira, babá, encanador e chaveiro. São oferecidos até mesmo serviços para quem tem animal em casa.

Veja qual o melhor plano para você e proteja-se contra futuros imprevistos, que podem te dar uma grande dor de cabeça.

Tudo sobre empréstimo com maquininha

Empréstimo com maquininha é uma das facilidades dos tempos atuais para quem é empreendedor ou dono de um negócio. Saiba neste artigo como fazer um empréstimo com maquininha e investir esse dinheiro no seu negócio.

Muitas empresas iniciantes tem alguns entraves ao iniciar seu negócio, principalmente na parte financeira.

No entanto, um empréstimo com maquininha pode ser uma solução bastante eficaz, que te ajudará na compra de novos equipamentos ou a investir como um todo no seu empreendimento.

Embora muitas pessoas que não tinham, conta bancária não pudesse pedir um empréstimo do banco, hoje em dia isso é muito possível. Por isso, neste artigo você conhecerá algumas opções de empréstimo com maquininha que irá facilitar muito os seus negócios.

Empréstimo com maquininha do Mercado Pago

Nessa empresa, você poderá pedir um empréstimo de até R$50 mil reais. No entanto, é necessário que você solicite uma conta virtual, com validade de um mês, sem burocracia.

Após isso, escolha as parcelas que deseja pagar e o valor. Ao final, você receberá em sua conta o dinheiro, sem grandes dificuldades.

Empréstimo com maquininha da PagSeguro

Através dessa empresa, você também terá como pedir um empréstimo. Basta possuir a máquina, tanto a moderninha, quanto a minizinha, para conseguir o empréstimo com maquininha.

Aqui você pode fazer o empréstimo sem ter conta em banco e receber no mês mais de R$300 reais.

Essas são duas opções super viáveis, que podem te ajudar nesse processo. Mas vale salientar que você poderá conseguir o empréstimo por meio das máquinas que tem parceria com bancos como GetNet, Cielo e Rede.

Compare todas as empresas e veja qual a melhor para o seu negócio. Outrossim, analise o contrato antes de fechar negócio, a taxa de juros cobrada por cada uma e as condições de pagamento para quem não possui conta corrente em banco.