Por que alguns vinhos podem manchar a sua boca?

A maioria dos vinhos tintos apresentam algum tipo de pigmentação. Eles são repletos de casca de uvas e, durante o processo de transformar a uva em vinho, a coloração costumam migrar em relação à casca até o líquido. O pigmento, portanto, pode manchar a boca e, inclusive, deixar os dentes roxos. Entenda como acontece e aprecie o seu vinho preferido sem medo, aprendendo mais sobre algumas maneiras de evitar esse problema!

Por que alguns vinhos podem manchar a sua boca e dentes?

De acordo com enólogos, os vinhos mais jovens são mais fáceis de manchar os lábios e dentes. Os especialistas ainda revelam que o vinho novo apresenta uma coloração mais aproximada a de sucos de uva, que trata-se de um roxo intensificado – denominado como vermelho violáceo.

Caso o vinho tenha uma idade variada a até dois anos, é muito provável que manche a boca. A pigmentação é composta por polifenóis que sofrem a extração das cascas das frutas. Eles estão presentes nos vinhos coloniais. Estes, geralmente, têm produção e consumo em mesma época anual.

Por conseguinte, há os fortificados que são naturalmente doces, a exemplo do vinho do Porto. Estes não apresentam tanta capacidade de manchar a boca devido ao caráter envelhecido.

Aqueles que são amadurecidos em barris de carvalho podem também apresentar menor pigmentação. Determinadas uvas como a cabernet, a syrah, a malbec e a tannat apresentam grandes quantidades de pigmentos. Contudo, não é sempre que o vinho produzido com essas categorias de uvas pode manchar os lábios.

Confira os produtos do Master Alimentos

Como se evita as manchas?

Aqueles que escovam os dentes regularmente tendem a sofrer menos as consequências do consumo de alguns vinhos. Isso acontece em razão de que a placa, que faz a absorção maior do corante da fruta, tem maior dificuldade de formação, neste caso.

Os especialistas da saúde bucal revelam que não é preciso deixar de consumir o vinho, portanto. A sugestão é intercalar a ingestão do líquido com água.

Outra situação capaz de gerar interferências nas restaurações dos dentes é a resina. Elas mancham mais fácil do que as porcelanas feitas em cerâmica. Aqueles que fazem clareamentos podem ter dentes mais porosos e propensos a manchar.

Um cuidado assíduo com consultas ao dentista também é recomendado. Mas se você fizer uma boa higienização diária dos dentes e da boca, é bem provável que essas manchas não permaneçam visíveis. Tente também degustar o vinho sem lançá-los diretamente na região dos dentes da frente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.